Festival de Artes integradas

Posts com tag “Pré Pagos

Pre Pagos

Descrever uma banda e fazer dessa descrição algo que desperte o interesse do leitor por conhecer a obra e os membros dessa banda é desafiante. Talvez tão desafiante quanto criar uma canção agradável que uma vez ouvida será cantarolada em rodas de amigos ou assobiada em momentos de íntima satisfação. A despeito das possibilidades de sucesso ou fracasso pleno ou parcial de tal empreitada, PRÉ-PAGOS será em alguns breves capítulos aqui apresentada.

Na mineira Barbacena, um jovem e talentoso aprendiz de violão sonhava ter uma banda na qual pudesse expressar suas ideias como seus grandes ídolos do momento faziam. Reuniu alguns amigos com ideais afins e formou a primeira versão dos PRÉ-PAGOS, só que com outro nome, MIOLO MOLE. Em 2010, passados 10 anos de música e dando seqüência a um projeto anteriormente denominado Casa de Orates – onde residiram muitos amigos – PRÉ-PAGOS começa a pleitear a atenção do público “caseiro” com a mesma simpatia e espontaneidade, porém com uma veia rock’n’roll mais pulsante.

Trata-se de rock moçada, rock do bom, rock de minas, brasileiro com muito orgulho. Uma “cozinha” competente sustentando solos de guitarra rasgados. Harmonia, melodia e ritmo articulados coletiva e criativamente por quatro músicos no intuito de, através dos ouvidos, atingir os corações do público.
Letras que abordam ou retratam possibilidades de ser na atualidade, ora com ironia e bom humor, ora com pretensa poesia, mas sempre com sinceridade e singeleza.

Anúncios

O sábado no Alambique

O terceiro dia do Alambique foi aberto com a apresentação da Pequena Morte. Ska contagiante que marcou a primeira circulação da banda pelo programa Música Minas e a sua primeira apresentação em Barbacena. Eles caem na estrada ainda hoje e o próximo show será em Fortaleza. Em breve a banda pretende entrar em nova tour e surpreendeu o público do Alambique do Som tocando duas música novas.

A segunda banda se apresentou na terceira noite do Alambique do Som foi a banda de Lagoa Santa foi a Nuvem um power trio do caralho que deu a noite um som irreverente com letras bem trabalhadas fiquei impressionada com a qualidade do som dos caras mais uma banda para o meu playlist. Logo em seguida a banda residente de Barbacena Pre Pagos invadiu o palco com uma pegada forte e abrasileirada o show foi seguindo com a mesma animação ate a ultima música.


E para encerrar a noite da banda de São Paulo Saulo Duarte e a Unidade veio com mais vigor ainda com uma performance de palco gritante além de um foda os caras são naturais do nordeste do Brasil onde caindo no som o brega em certas músicas é supriendente.

Texto: Dihleeall e Marcos Faria

Foto: Dihleeall


Pré Pagos, velhos companheiros e outros hits no Alambique

Na mineira Barbacena, um jovem e talentoso aprendiz de violão sonhava ter uma banda na qual pudesse expressar suas ideias como seus grandes ídolos do momento faziam. Reuniu alguns amigos com ideias afins e formou a primeira versão dos PRÉ-PAGOS. Em 2010, passados 10 anos de música e dando sequência a um projeto anteriormente denominado Casa de Orates, PRÉ-PAGOS começa a pleitear a atenção do público “caseiro” com a mesma simpatia e espontaneidade, porém com uma veia rock’n’roll mais pulsante.Trata-se de rock, moçada, rock do bom, rock de minas, brasileiro com muito orgulho. Uma “cozinha” competente sustentando solos de guitarra rasgados. Harmonia, melodia e ritmo articulados coletiva e criativamente por quatro músicos no intuito de, através dos ouvidos, atingir os corações do público. Letras que abordam ou retratam possibilidades de ser na atualidade, ora com ironia e bom humor, ora com pretensa poesia, mas sempre com sinceridade e singeleza. Entre 2010 e 2011, início da nova etapa na história da banda, os Pré-Pagos destinaram suas atenções entre a produção e gravação do disco “Não Aceitamos Cheques” e a divulgação de seu trabalho em algumas cidades do estado de Minas Gerais como Belo Horizonte, Festival Integrado Grito Rock: Poços de Caldas, Machado, Sete Lagoas e Vespasiano, Festival Alambique do Rock em Barbacena, Festival Proclamando a República 77, Pré Grito Rock Barbacena com Macaco Bong. Para o segundo semestre de 2011 a banda promoverá o lançamento e a difusão do disco, trabalho totalmente independente contendo 14 faixas. Prévias do disco podem ser ouvidas na página da banda na plataforma “Toque no Brasil.