Festival de Artes integradas

Posts com tag “Festival

Kdu dos Anjos

Kdu dos Anjos se apresenta no Alambique do Som neste sábado, 18/08, na Praça da Estação a partir das 20h.

Kdu dos Anjos, é um dos nomes de destaque do Hip Hop mineiro. A partir da gravação do CD “A Cidade” Kdu se aproximou do artista Lenis Rino e passou a desenvolver um trabalho que faz interface entre rap, dub, pitadas de reggae e recital de poesia. Em apenas 6 meses Kdu alcançou a distribução de 2mil copias do disco “A Cidade”.

Kdu dos Anjos começou sua carreira quando fundou com alguns amigos o grupo S3M “Sobreviventes do 3º Mundo”. O compositor, de apenas 21 anos, participa semanalmente do “Duelo de MCs” sob o viaduto Santa Tereza em Belo Horizonte, onde já fez vários shows e disputa batalhas de Freestyle com temáticas, o “Duelo de Conhecimento”. Teve participações em dois álbuns, o “Capitalismo Sentimento Maléfico” com o grupo S3M (2008) e “100 Nome” ao lado do Mc Douglas DIN (2009). Ainda em 2009 foi um dos 10 vencedores do programa “Vozes do Morro” com a música “Contos de Fada”, o que tornou possível a gravação de seu primeiro vídeo clipe e veiculação nas rádios e televisões da região metropolitana da capital Mineira, além de participar do show de encerramento do programa. Em 2010 participou do “Festival Lixo e Cidadania” na Serraria Souza Pinto e do festival “Hip Hop de inverno” em Ipatinga-Mg. Em 2011 participou projeto “O Som que vem das Ruas” produzido pelo coletivo Família de Rua, e do festival PMW Rock Festival em Palmas-TO.

Além de fazer música Kdu é técnico em Empreendedorismo formado pelo Sebrae-MG e é um dos articuladores do sarau de poesia “Vira Latas”, movimento literário e cultural que atua na cidade de Belo Horizonte.

Conheça:

Anúncios

The Baggios

A banda The Baggios se apresenta no Alambique do Som neste sábado, dia 18/08, na Praça da Estação a partir das 20h.

Foi na cidade histórica de São Cristóvão que surgiu o The Baggios. Formado por Julio Andrade (guitarra e voz) e Gabriel Carvalho (bateria), o duo sergipano mistura ritmos que vão do Blues Primitivo ao Rock, com letras enraizadas nas questões de sua época e de sua gente. Seu álbum de estréia recebeu criticas de dezenas de blogs ( Multishow, Miojo Indie, Move That Junkebox, Rock n’ Beats), revistas ( Rolling Stones, 100% Skate, Status), jornais como “ O Globo” e saiu em várias listas como um dos principais lançamentos de 2011. Recentemente teve o clipe “Em Outras” veiculado no canais VH1 e MTV e foi um dos indicados ao Prêmio Dynamite 2012, na categoria “Melhor Álbum de Rock”.

A banda já lançou três EPs, um álbum, e um documentário sobre sua maior turnê pelo nordeste brasileiro em 2011. Se apresentaram em mais de 20 cidades do país e acumula no seu currículo três turnês pelo estado de São Paulo, duas grandes turnês pelo nordeste brasileiro e já se apresentaram em mais de 15 festivais pelo Brasil.

Pedro Morais

Pedro Morais se apresenta nesta quinta-feira, 16/08, na Praça da Estação a partir das 20h.

Natural de Belo Horizonte (MG), Pedro Morais, muda-se aos 2 anos de idade para a cidade de Minas Novas, no Vale do Jequitinhonha. Aos sete anos, começa a executar seus primeiros acordes ao violão, incentivado pelos pais.

Pouco tempo depois, já familiarizado com um segundo instrumento, o bandolim, passa a freqüentar rodas de chorinho e samba-canção, tornando-se o mais jovem bandolinista da região.

Nessa época, começa a acompanhar os pais, Vânia Morais e Dalton Magalhães, em festivais regionais, habituando-se aos palcos. Aos 14 anos, retoma o interesse maior pelo violão e passa a fazer apresentações solo. Mais tarde, de volta a Belo Horizonte, Pedro integra uma banda de MPB e rock, importante fonte de acúmulo de experiências para sua performance artístico-musical.

Em 1999, Pedro Morais é considerado o melhor intérprete do 16.º Festival da Canção de Turmalina (Festur), com uma música de autoria própria.

No ano seguinte, é convidado para o projeto Viva a Praça – Cantores, do BDMG Cultural, e é um dos vencedores do Conexão Telemig Celular 2004 – Novos Talentos na Música Mineira, participando do CD do projeto com as músicas “Minha Loucura” e “Muito Mais” –esta última, com participação especial de Marina Machado.

Conheça: