Festival de Artes integradas

Barbacena, uma Cidade Fora do Eixo

Neste sábado, durante a programação do 2º Alambique do Som, será realizada a mesa de debates Uma Cidade Fora do Eixo, com presença de Cláudio Prado, Ivana Bentes e Pablo Capilé. A mesa pretende reunir considerações locais e globais sobre a década vigente, a evolução do diálogo e construção das políticas públicas para a cultura, a valorização do local pelo global e vice-versa, ligando Circuito Fora do Eixo e temática de rede digital-real.
Estando em Barbacena, durante a realização de 1 dos 12 festivais que integram o Circuito Mineiro de Festivais Independentes – CMFI, realizando a 2º edição do Festival Alambique, que ano que vem sediará o Congresso Fora do Eixo Minas, nada mais adequado que reunir mentes intensas para debater sobre uma Cidade Fora do Eixo.
Estarão na mesa o produtor cultural e teórico da contracultura Cláudio Prado, a apresentadora de TV e pesquisadora acadêmica Ivana Bentes e Pablo Capilé, responsável pela articulação macro e desenvoltura do Circuito Fora do Eixo.
Ela se realizará na Bituca Universidade de Música Popular, no sábado dia 13 de agosto, às 18h. Entrada franca.

Sobre os componentes da mesa:
Claudio Prado é produtor cultural e teórico da contracultura e da cultura digital. Foi coordenador da ação de Cultura Digital da Secretaria de Programas e Projetos do Ministério da Cultura entre 2004 e 2008, e hoje coordena a ONG Laboratório Brasileiro de Cultura Digital. Tem formação incompleta em pedagogia pela Universidade de Genebra, na Suíça, e em sociologia na Universidade de Surrey, Inglaterra. Fez parte nos anos 60 e 70 do movimento hippie e se envolveu com a produção de shows e festivais de música: co-fundou o Festival de Glastonbury e produziu o primeiro Festival de Águas Claras, em 1975, o “woodstock brasileiro”. Produziu shows dos Mutantes e dos Novos Baianos nos anos 70 e sempre esteve ligado a Gilberto Gil e Caetano Veloso, desde a época em que os recebeu no exílio, em Londres. Fundou e dirigiu diversas produtoras e duas ONGs, Salve a Amazônia e Pró-Rio 92. É um dos fundadores da Casa de Cultura Digital.

Ivana Bentes Oliveira (Parintins, 1964) é ensaísta, professora, curadora, apresentadora de TV e pesquisadora acadêmica brasileira, atuante na área de comunicação e cultura, com ênfase nas questões relativas ao papel da comunicação, da produção audiovisual e das novas tecnologias na cultura contemporânea.
Graduada em Comunicação Social (1986), concluiu o mestrado, com a tese Percepção e Verdade: da Filosofia ao Cinema (1991), e o doutorado em Comunicação, com a tese Cartas ao Mundo: Teoria e Biografia na obra de Glauber Rocha (1997), sempre na Universidade Federal do Rio de Janeiro, onde é professora do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura e Diretora da Escola de Comunicação desde 2006.[1] É autora de Cartas ao Mundo: Glauber Rocha (organização e introdução, publicado pela editora Companhia das Letras, 1997) e Joaquim Pedro de Andrade: a revolução intimista (Editora Relume Dumará, 1996). É co-editora das revistas Cinemais: Cinema e outras questões audiovisuais e Global (Rede Universidade Nômade).[2]
De 1998 a 2010, apresentou o programa Curta Brasil, dedicado à exibição de filmes brasileiros de curta e média-metragem, bem como à discussão de aspectos ligados à linguagem e à produção cinematográficas, veiculado pela TVE Brasil, atual TV Brasil.[3] Também tem participado como comentarista de cinema na SESC TV.
Foi produtora e organizadora no Brasil da mostra O Efeito Cinema na Arte Contemporânea (CCBB-RJ, 2003, com curadoria de Philippe Dubois). Foi também curadora da exposição In Situ, para a Cine Cinematográfica (São Paulo, 2003). Fez a curadoria da Mostra Corpos Virtuais para o Centro Cultural Telemar (2005), a organização do Seminário Mídia da Crise ou Crise da Mídia? (ECO-UFRJ. 2006) e a coordenação da exposição Zooprismas: Instalações/Vídeo/Fotografias, de Arthur Omar para o Centro Cultural Telemar/oi Futuro (2006).

Pablo Capilé é coordenador de planejamento dos festivais Calango e Grito Rock e um dos fundadores do Espaço Cubo, instituto cultural cuiabano que desenvolve ações no campo da cultura em todo o Brasil; é sócio-fundador da associação Casas Associadas, e um dos articuladores do Circuito Fora do Eixo, rede que integra hoje dezenas de coletivos dedicados ao setor em todo o Brasil.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s